domingo, 5 de abril de 2009

MÚSICA PARA CERIMÔNIA

Depois de muitas indicações, emails, reuniões e cerimônias assistidas, finalmente terminamos a pesquisa desse item. Vou contar um pouquinho pra vcs dessa experiência.

Eu cresci ouvindo música. Desde pequena tive muito contato com MPB, bossa nova e música clássica. Meu pai tem milhões de CDs e eu sempre ouvia com ele. Tanto que eu já tenho em mente a maioria das músicas que usarei no casamento, de tanto que ouvi durante a vida toda.

Na reunião inicial com a Carol, ela sugeriu que eu utilizasse uns 5 músicos. Ela ainda não sabia que por mim teria uma verdadeira orquestra sinfônica!!! rsrs

A sugestão dela foi a Cristina Saldanha (Vozes da Primavera).
Já ouvi muitos elogios ao seu trabalho e conheço meninas que fecharam com ela. O preço é excelente (o melhor de todos os grupos que vou citar aqui). O problema foi a comunicação. Liguei pra ela, ela ficou de retornar, ligou semanas depois. Passei email e a resposta tb demorou horrores. Sei que se tivesse ligado seria mais fácil, mas trabalho o dia todo e não tem como ficar ligando com a empresa inteira ouvindo. Pra mim boa comunicação por email é fator determinante.
Por conta disso nunca fui assistir a nenhuma cerimônia que ela tenha tocado. Missão abortada.

Fuxicando no Orkut encontrei a Atrium. Tive ótimas indicações de meninas da comunidade.
A Flávia, soprano e responsável pelo atendimento ao cliente é um amor de pessoa! Muito fofa, simpática, solícita. Responde emails muito rápido!
Fomos assistir a um casamento na Reitoria (!!!) em que eles tocaram lindamente. O atendimento tb foi nota mil: fomos levados lá no mezanino onde ficam os músicos, o Marcio (tenor e noivo da Flávia) nos explicou a importância de cada instrumento... enfim, tudo perfeito!
Recentemente tivemos uma reunião com ela que foi ótima! Ouvimos mais de 80 músicas!

Indicações me levaram ao grupo Violinos Mágicos de Murilo Loures.
Já ouvi falar muitíssimo bem desse grupo. A Adriana (assídua freqüentadora do meu blog) fez com eles e amou.
Mas eu não fiquei fã. Não do trabalho em si. Fomos a uma cerimônia e lá eles não nos atenderam. Nem oi...
Outro problema apresentado nesse casamento foi o timing. A noiva ainda estava no carro e a marcha nupcial tocando... qdo ela entrou já tava na metade da música.
Achei um pouco desorganizado e desisti. Claro que pode ter sido um fato isolado, afinal eles estão há milênios no mercado e todo mundo elogia. Mas eu tinha que escolher e justo no dia que eu fui ver as coisas não saíram perfeitas. Uma pena.

O último grupo a ser analisado foi o mega elogiado Delfim Moreira. A princípio ele havia sido cortado da minha lista pq achava que seria muito caro. Ledo engano!
Qdo descobri que a diferença seria pouquíssima para a Atrium, resolvi conhecer de perto.
Marquei uma reunião e lá fui eu. O Delfim é uma simpatia! Uma figuraça! O Alcides tb é muito gente boa. Ele é responsável pelo atendimento ao cliente e responde emails na velocidade da luz!
Lá tive ainda mais certeza que o preço era compatível com o budget destinado a esse item. Só faltava ir assistir a uma cerimônia para ver o trabalho ao vivo e a cores.
No dia o próprio Delfim veio falar conosco e o Alcides tb.
O timing foi perfeito. O Alcides comandou tudo com muita perfeição. Qdo entrava o último casal de padrinho ele já passava um rádio lá pra cima pra avisar. Qdo o casal chegava no altar a música acabava e em 5 segundos (isso mesmo, 5 segundos) já começava a música seguinte. De todos que assisti foi a troca de músicas mais rápida.
Eu já contei aqui embaixo como foi a cerimônia né... De cair o queixo! É algo totalmente diferente. Vale a pena ir a uma cerimônia só pra ver. Realmente é um espetáculo!

Enfim, se você vai casar numa igreja que restrinja o repertório ao clássico/barroco ou se você quer que seja tradicional, a Atrium faz perfeitamente.
Agora que vc quer usar algo mais descontraído, aí chama o Delfim!!!

Nesse casamento de sábado (14/3) a saída dos noivos foi ao estilo do filme Simplesmente Amor: All You Need is Love, com direito a trompetistas subindo nos bancos da igreja! Ah, e o cantor pop que ele coloca é um negão igual ao do filme! Irretocável!
Agora eu entendo pq a PatFig o chama de “o magnífico”... rsrsrs

Sábado fomos conversar com o Delfim para fechar. A negociação foi um sucesso!!! Muito mais barato que eu pensava!
Ainda vamos preparar uma surpresa para todos, só nós, o Delfim e a Carol (les amies) que sabem.

Então fica a dica: não se intimidem pela fama ou pelo preço inicial. Uma boa conversa cara a cara é a melhor coisa!

bjs

6 comentários:

Bel disse...

A música é fundamental, né?? Nesse fim de semana também decidi a minha. Oba!! Bjos

Roberta disse...

Poxa foi exatamente isso que aconteceu comigo! Não tem igual ao Delfim! Ele é um espetáculo e as músicas são algo do outro planeta. É tudo mt mt mt perfeito!

Boa sorte! Vamos ter uma cerimônia inesquecível!
bjs,

Roberta.

Adriana Mello disse...

Excelente escolha, Bia! O Delfim é ótimo!!! Relamente o atendimento do Murillo deixa uum pouco a desejar, sim. O ALcino (responsável pelo atendimento de lá) é mega antipático. Me estressei bastante com ele. Na semana do meu casamento precisei engrossar muito com ele para colocá-lo em seu devido lugar. Teno certeza que a música ficará um arraso!

Beijos

Renata Ventura disse...

Bia
Parabéns!
Você vai estar em ótimas mãos. o Delfin é maravilhoso e tudo ai dar muito certo!

Beijos

Brasil in line Hockey Blog disse...

boa sorte na organização
deixo uma sugestão de um pianista muito bom...(para vc conhece o trabalho somente)
www.rodrigoandreiuk.com

beijo!

loudessilva1926 disse...

Oi Bia. Fico super emocionada em ler toda a sua história e preparativos. Ai,como eu já chorei. Pretendo me casar no final de 2010 e já estou com os nervos a flor da pele. Já estou vendo e analisando alguns profissionais que você mencionou. Sempre que vou em casamentos de amigas pergunto vejo tudo e anoto. Várias pessoas me falaram que o Delfim é um arraso, mas um amigo do meu noivo, que estuda para ser músico de orquestra , me disse que ele usa gravação junto com os músicos tocando. Disse que os sons que tocam não correspondem aos músicos que estão contratados, isto é:tocam cornetas, coro e tambores de gravação, E isto,segundo ele , já é notório no meio dos músicos de casamento que já tocaram com ele. Ai ai ai... Não quero isto, queria música toda ao vivo. Você sabe se isto é verdade? Não gostei do Violinos do Murilo pois achei meio desafinado , sei lá, alguma coisa estranha...Adorei a Juliana da Astorga Coral: super simpática e com uma voz linda. Falta ver o Atrium e o Musical Marliére. Bjs de sua fã.
Lou