terça-feira, 25 de agosto de 2009

BIA PERGUNTA... E A WALESKA RESPONDE!


*** Esse blog mudou de endereço! ***
Visitem o site e o blog: http://www.beatrizdias.com.br/ 
http://beatrizdiaseventos.blogspot.com/



Meninas,
Fico feliz que tenham gostado da idéia das entrevistas. Acho que ningém melhor para dar as dicas do que as recém casadas, né?
Hoje é a vez da Waleska. Não a conheço pessoalmente, apenas de blog! Pelas fotos dá pra ver que o casamento dela deve ter sido um sonho!!! Muito lindo!

Nome dos noivos: Waleska e Rafael
idade com que se casaram: 28 e 27 respectivamente
data e horário do casamento: 21/06/2009 às 11:20local da cerimônia/festa: Capela Real de N.S. das Graças (Flamengo RJ) e recepção no salão anexo.quantidade de convidados: 200 convidados e 107 presentes.quem pagou as despesas do evento: Os noivos e os pais do noivo 
(meus sogros nos deram de presente o Buffet e a decoração do salão)

- Você sempre sonhou em se casar, em ter esse momento noiva?Sempre, sempre não. Me lembro que na minha infância cheguei a brincar de noiva, colocava um lençol na cabeça e cantarolava a marcha mas o tempo passou e isso acabou ficando lá atrás, pra mim casar no civil já tava de bom tamanho, sempre achei que festa era um dinheiro jogado fora, que por mais perfeito que estivesse sempre ia ter alguém reclamando de alguma coisa. Quando começamos a falar de casamento, o Rafa bancou a noiva (comprou revista de noiva, puxava o assunto do meio do nada) até que eu fui me empolgando com a idéia, rsrs.
- Contratou assessoria/cerimonial? Considera este um serviço importante? Por que?
Contratei cerimonial apenas para o dia (cerimônia e recepção), como começamos a planejar as coisas com quase 2 anos de antecedência achei desnecessário contratar a assessoria completa, mas durante os preparativos quando surgiam dúvidas eu sempre recorria a Andrea (e tb aos grupos do Yahoo e do Orkut, rsrs). Pra mim cerimonialista não é luxo, não. É necessidade. Por mais detalhista que a noiva seja no dia não da pra ela estar presente em todos os lugares ao mesmo tempo e pra que tudo saia perfeito (ou o mais perto da perfeição possível) é muito bom ter uma pessoa de confiança que saiba exatamente como planejamos esse grande dia. Na hora tudo passa tão rápido que por mais que a gente queira “fiscalizar” tudo de perto, as coisas acontecem e a gente nem se dá conta.
- O que mais te estressou durante os preparativos?
Por incrível que pareça o que, ou melhor, quem, mais me estressou durante os preparativos foi a minha mãe. Apesar d’eu ser filha única sempre tivemos muitas diferenças e isso acabou ficando mais aflorado durante os preparativos.

- Qual a parte mais agradável ou fácil desse processo?
Fácil, eu diria que nenhuma, o fator escolha (e o que noiva mais tem é opção, rsrs) sempre acaba gerando conflitos ainda mais quando as coisas não dependem apenas de vc. Agora agradável, acho que todas as etapas foram, desde escolher o vestido, até as flores da decoração passando pelo Buffet, bolo, doces.

- O que você considera que tenha sido um achado? Pode ser um item bem baratinho, um profissional pouco conhecido com um preço ótimo...
Não foi exatamente um “achado”, eu digo que foi um “presente”, rsrs. Depois de fecharmos a igreja e o salão (em Agosto de 2008) eu cismei com o piso do salão, coloquei mil defeitos e todo mundo me dizendo que ninguém olha pro chão ou que era só colocar uns tapetes, mas isso era uma coisa que eu realmente não gostava e me deixava meio chateada. Quando foi em fevereiro desse ano, a administração da Capela me enviou um e-mail dizendo que a diretoria tinha mudado e me chamando pra uma reunião, quando cheguei lá o salão tava em obra e o piso feio totalmente em frangalhos (acho que eu nunca fiquei tão feliz em ver caquinhos de piso, hauahau).
Ou seja, no final das contas “ganhei” um salão novinho com o piso lindo e não paguei nada a mais por isso.


- E qual foi a sua extravagância? Pode ser um profissional renomado que fazia questão ou algum item luxuoso.
No início de tudo nosso casamento estava marcado pra Abril, mas algumas coisas aconteceram e adiamos pra Junho, por causa disso me permiti ter algumas frescuras que casando em Abril não caberiam no orçamento. Fechei o making off com a Andrea Paes, o topo com o Gino Prince, a grinalda com o Jefferson Viana, gastei R$ 200,00 em caixinhas pras amêndoas e bem casados, coloquei fitinhas personalizadas nas caixinhas dos macarons (hauahua comprei 100 metros e não usei nem metade), entre outras coisas.

- Sentiu dificuldade em encontrar algum produto/serviço? O que? Não. Acho que em parte isso se deu ao fato d’eu casar num domingo de manhã (acho que a procura é menor) e tb da igreja/salão ter uma listinha de fornecedores indicados (que com a nova administração foi abolida) e eu acabar não procurando os mais procurados.

- Foi tudo como você esperava/planejou?
Não, foi bem melhor! Na semana do casamento eu resolvi mudar a composição da decoração, até então eu tinha optado por colocar margaridas e rosas na decoração mas uns 4 dias antes conversando com a decoradora mudei e pedi pra colocar só margaridas (brancas, laranjas e amarelas), na véspera do casamento bateu um medo de ficar feio... Eu tinha várias fotos de como eu queria os arranjos, mas com a mudança eu não tinha mais nenhuma idéia de como tudo ficaria, foi surpresa e eu adorei o resultado.

- O que você mais gostou no evento?
De enfim, casar!!! rsrs. Confesso que eu não lembro de muita coisa (ainda não peguei o vídeo), mas vendo as fotos e os comentários que fizeram, acho que a cerimônia foi linda. Adorei ter ido de mesa em mesa e tirado foto com os convidados, é maravilhoso ver e ouvir a emoção das pessoas, os elogios, os votos de felicidade.

- E o que menos gostou?Ah eu gostei de tudo!!! Mas depois vendo as fotos, achei que eu poderia ter decorado a parte que reservamos pra pista de dança, ficou meio sem vida.
- Algum arrependimento?
Me arrependi de não ter convidado mais gente e de não ter feito RSVP. Rafael ficou implicando quando eu disse que podíamos convidar umas 220 pessoas pq sempre tem gente que falta, ainda mais sendo num domingo de manhã. Ele só se deu conta disso uns 15 dias antes quando algumas pessoas nos procuraram dizendo que não poderiam ir, mas ai era meio tarde pra convidar em cima da hora e acabou que tivemos um grande índice de não comparecimento.

- Se o seu casamento ainda fosse acontecer, contrataria os mesmos profissionais?
Sim. Apesar d’eu não ter contratado profissionais “famosos” foi tudo perfeito (bem eu ainda não vi o vídeo...).

- Conte um pouco sobre o grande dia. As emoções, expectativas, nervosismo...
Sempre ouvia dizer que noiva não dorme na véspera, mas eu dormi e muito, hauhau perdi a hora e acordei 30 minutos depois da hora prevista (o ruim de casar de manhã é que vc tem que começar a se arrumar cedo), só acordei pq o Áureo (maquiador) me ligou avisando que tava chegando. Pirei eu ainda nem tinha acordado e ele já tava chegando??? Mas deu tudo certo, a ficha só caiu mesmo que era o meu grande dia quando eu já tava na igreja e a Andrea (Paes, do making off) foi se despedir de mim, daí em diante eu me lembro vagamente das coisas. Achei que o cortejo demorou horas pra começar, eu queria casar logo! E depois tudo passou muito, mas muito, rápido e eu só tenho pequenos flahs dos acontecimentos, rsrs (to louca pra pegar logo o vídeo e relembrar tudo com detalhes)

- Qual sua dica para as meninas que ainda vão se casar?
Vejo por ai muita noiva se estressando com os preparativos e com o noivo (nem todo noivo gosta de participar ativamente dos preparativos), outras dão muita ênfase a festa, ficam deprimidas quando não podem ter tudo que gostariam e acabam deixando de lado o principal motivo disso tudo que é a celebração da união de duas pessoas que se amam. Converse sempre com o respectivo, espaireçam sempre que puderem, não deixe que pequenas pedras no caminho se tornem grandes muralhas.
E principalmente mantenha a calma (ta, eu sei que é difícil, mas tente!), não adianta tentar controlar tudo sempre, eu sempre digo que lá no céu tem uma repartição de anjos da guarda de noivinhas que trabalham 24 horas por dia, 7 dias por semana pra que tudo saia perfeito. E se na hora H alguma coisa não estiver exatamente como vc queria, desencane e curta o momento, afinal de contas é um dia único e passa muito rápido, não vai ser um arranjo diferente que vai estragar isso né?

Ahhhhhhh eu sempre fui daquelas que achavam que vídeo de casamento é um saco, é um dinheiro jogado fora e por ai vai, mas na hora tudo passa tão rápido que o vídeo de casamento é algo imprescindível, mesmo que mês que vem ele esteja no fundo da gaveta do rack, rsrs.


E aí meninas, gostaram?
Para falar com a Waleska é só clicar aqui.
bjs

3 comentários:

Adriana Mello disse...

BIa,
Eu adorei o convite me participar. Super obrigada!

Maura e Guilherme disse...

Ai que lindo o relato dela... amei, pena que eu ainda nao casei pra dar o meu relato... hehehe
bjos e parabéns pela iniciativa

Maitê disse...

Ah ... a Wal parecia uma boneca no dia do casamento dela !!!!

Ela estava linda !

Amei o relato !

Beijinhos !