sexta-feira, 17 de setembro de 2010

CELEBRANTE – FREI BRÁS

*** Esse blog mudou de endereço! ***
Visitem o site e o blog: http://www.beatrizdias.com.br/ 
Frei Brás
Eu realmente não entendo algumas noivas que não ligam a mínima para a cerimônia.
Só se focam na festa, e para a cerimônia “qualquer coisa” tá bom.
Acho que elas esquecem que é na cerimônia que é realizado o casamento propriamente dito.
A festa é apenas a comemoração dessa realização.
Então eu acho que quem quer ter um casamento dos sonhos tem que pensar com carinho SIM na cerimônia.
Seja ela do jeito que for, religiosa ou não.
Eu já fui a umas cerimônias bem bizarras. Padres pregando contra aborto, pesquisa com células tronco, etc.
Sinceramente, acho que cerimônia de casamento não é para fazer pregação. Isso é na missa...
É um momento alegre! Uma celebração! Acho que o foco tem que ser no amor, na união do casal, da formação de uma nova família...

Eu queria muito uma cerimônia especial. E sabia que para isso eu teria que ter um bom celebrante.
Alguém com quem tivéssemos afinidade...
Como na Reitoria não tem padre, eu teria que levar um de qualquer maneira. E se é para escolher, que seja o que mais agrada ao casal, né?

Antes mesmo de termos data marcada, em julho de 2008, fomos ao casamento da Verônica e do Rafael – que foi celebrado pelo Frei Brás.
Eu nunca tinha visto uma cerimônia assim: alegre, descontraída, emocionante, personalizada... parecia que o Frei conhecia os noivos há anos!
Quando terminou a cerimônia vi que ela tinha durado 45min! E eu achei que tivesse durado 15 no máximo! Não senti o tempo passar...

Eu e Diogo ficamos com o Frei Brás na cabeça...

Até assistimos a cerimônia de outro Frei.
Foi num dia que fomos conhecer uma orquestra, aproveitamos para assistir a cerimônia de um desses Freis. Nossa, que decepção! Nada do que esperávamos!

Aí o Diogo, o noivo mais participativo do mundo, decretou: vamos fazer com o Frei Brás e pronto! Só gosto dele!
Hahahahaa
Essas decisões do Diogo eram divertidas!

Logo liguei para o Frei Brás para reservar a data. Sim meninas, eles também têm agenda lotada!

A partir daí, começamos a freqüentar as missas dele.
Logo eu, que de católica pouco tenho, fazia questão de acordar cedo num domingo para ir à missa! Surreal!
Mas não é uma missa qualquer... é A MISSA!
Que dom que ele tem! Fala muito bem, é uma pessoa extremamente agradável, simpática, inteligente...
Não tem visão bitolada como vemos em alguns religiosos.

Como não queríamos ficar noivos, tradicionalmente falando, tivemos a idéia de irmos à missa no dia 13/09/2009 (exatamente 6 meses antes do casamento) para que o Frei Brás abençoasse nossas alianças.
E assim fizemos. Assistimos à missa, e depois fomos conversar com ele.
Já relatei esse meu noivado inusitado aqui no blog.

E assim fizemos ao longo de 2009, de vez em quando íamos à missa...

O último “compromisso” que tivemos com ele foi no carnaval, quando fizemos a reunião para contar sobre nós. Ele anotou tudo num papel... como nós nos conhecemos, nome dos pais, irmãos, avós, amigos que ajudaram no início do namoro... até meu cachorro entrou na lista!!! rsrsrs

No sábado anterior ao nosso casamento caiu um dilúvio no Rio de Janeiro.
E soube que o Frei Brás não conseguiu chegar ao casamento!! Ficou preso no túnel e só conseguiria sair dali de moto!
Nem preciso dizer o quanto fiquei apavorada né? A nossa cerimônia só faria sentido com ele, não teria a mesma graça se rolasse um “padre substituto”!

Juro que o meu maior medo era ele não ir...
Podia faltar padrinho, madrinha, crianças.... mas ele não!
No dia do casamento, quando falei com o cerimonial antes da cerimônia, a primeira pergunta foi:
“O Frei Brás chegou?”
Siiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiim!!!!!!!!!!!! Ele estava lá! Sabia que ia ser mais do que especial.

A nossa cerimônia foi tão legal... ele estava especialmente inspirado naquele dia!
Falou tudo e mais um pouco! Contou como nós nos conhecemos, falou do meu cachorro maluco, falou da avó do Diogo que não estava mais conosco...
Falou até da Verônica e do Rafael!!!! Foi demais!!!
Falou também da nosso convite de casamento, da nossa festa, da nossa casa nova... Falou até não poder mais!!!! rsrsrs

O legal é que ele chama os pais para participar da cerimônia. As mães é que seguram as alianças na hora da benção, os pais é que acendem as velas da cerimônia das velas...

E o melhor de tudo ele falou, mesmo eu tendo me esquecido de pedir na reunião: na hora do Pai Nosso, ele pediu que cada um rezasse da sua maneira, na sua religião!
Nossa, isso foi muito importante para mim, porque tinha gente de tudo que é religião, que estavam ali para nos prestigiar! E quando o celebrante se mostra compreensivo e receptivo dessa maneira, todos se sentem acolhidos. Fiquei imensamente feliz!

Foi indescritível mesmo... a energia das pessoas estava ótima, a festa havia começado ali!
As pessoas rindo, felizes...
Nas fotos da cerimônia eu estou rindo o tempo inteiro! Uma felicidade sem tamanho!

Ouvimos milhares de elogios à cerimônia... os católicos, os judeus, os ateus, os evangélicos...
Todos maravilhados com a cerimônia. Todos foram esperando aquela coisa chata e se surpreenderam positivamente.

E sem contar que para melhorar ainda mais o clima tinha a música do Delfim. Mas isso é papo para outro post.

E pensar que algumas pessoas foram direto para a festa, para pular a “parte chata” da cerimônia... não sabe o que perderam!!! hahahaaha

Minha dica é: não pensem que a cerimônia é a parte chata do seu casamento. Torne-a inesquecível! Vale muitooooooo!

bjs

17 comentários:

Fernanda Moniz disse...

Amei conhecer o seu padre!!!
Quem fará meu casamento é um pastor muuuuuuuuuuito especial!!!
Fiz questão que ele viesse do Maranhão para Brasília com tudo pago!!!
Beijos

Noiva tatah disse...

Nossa você falou tudo o que penso, quando penso no meu dia praticamente só penso na cerimônia, quero uma coisa personalizada, uma cerimônia pra nós dois. Acho legal essa entrevista antes com o padre. Esses dias fui em um casamento que o padre falou o nome de outros noivos, só leu a cerimônia inteira e falou de separação, foi muito triste. Não quero isso no meu de jeito nenhum. Eu estava empolgada com o Frei Brás mas percebi que não moramos na mesma cidade...o jeito é encontrar um por aqui. Beijokas

Jackeline Mota disse...

Concordo! A cerimônia é o casaento. A festa é pra comemorar o casamento. não faz sentido festejar sem cerimonia. Parabéns!
bjs,

Doces Sonhos de Uma Noiva disse...

Bia..concordo plenamente!!!tomara que minha cerimonias seja divertida!!!conidei o padre que quria!!!alias foi o primeiro convite entregue!!!!meu pare é demais!!rsrsrs..bjão

Gi disse...

Oi Bia. Td bem?
Que post hein...
Bem escrito, emocionante, lindo.
Realmente a sua felicidade estava estampada no rosto.
Parabéns amiga.
Beijos,
:)

Drika disse...

eu concordo.. pena que ele não quiz ao salão me dar a benção...

bjs

Tia Tati disse...

Oie!!!
Adorei o seu blog! Gostaria que vc me visitasse também:
http://meuspreparativosdocasamento.blogspot.com/
Espero vc por lá!
Beijinhos...Tati!

casoriomari&dolfo disse...

Oi Bia, o post foi bem legal..e realmente a cerimônia é muito importante..estou em dúvida se levo um outro padre para a Igreja na qual vou me casar, já que lá já tem um..mas não tem restrição para os noivos chamarem outro celebrante. Amanhã assistirei um novo casamento com o padre "residente" para ter uma segunda impressão..vamos ver. Onde o Frei Brás celebra missas? Gostaria de assisti-lo um dia.
Beijos!

Anônimo disse...

Oi Bia, Me caso em março e também farei com o Frei Bras. Tenho uma dúvida, ele entra e contato para marcar a entrevista com os noivos ou eu que ligo para ele? rs
Beijos

Maria Maquiagem disse...

Oi Bia !
Marquei o meu casamento com o Frei José Pereira , eu queria muito fazer com ele , fui até ver o frei Brás mas já estava encantada com o Frei josé Pereira ! Acho também muito importante a cerimônia , acho o mais importante de tudo !
beijosssssssssssssss

Bella & Fábio disse...

vc esta contagiante durante toda a cerimonia!!
eu estou fazendo de tudo pra levar o padre da igreja que eu frequento em ribeirao preto pra minas que é onde eu vou casar!!
estou adorando seu blog e comecei o meu pra contar minhas aventuras tb..
passe la
www.bellaefabio.blogspot.com
beijoos

sabrina disse...

Eu AMO cerimonia de casamento... é tudo tão mágico, tão emocionante... e me faz lembrar do dia que casei!
Aqui perto da minha casa tem uma Igreja, fica uns 500m de casa... mooorro de vontade de ir em um sábado que está tendo casamento e ficar lá no fundo, quietinha, assistindo... mas mooorro de vergonha!!! kkk

sabrina disse...

Eu AMO cerimonia de casamento... é tudo tão mágico, tão emocionante... e me faz lembrar do dia que casei!
Aqui perto da minha casa tem uma Igreja, fica uns 500m de casa... mooorro de vontade de ir em um sábado que está tendo casamento e ficar lá no fundo, quietinha, assistindo... mas mooorro de vergonha!!! kkk

Anônimo disse...

Bia, me chamo Rafaela. Moro em Porangatu-Go e sou sobrinha do Frei Brás.Vou me casar dia 30 de Julho deste ano e meu tio virá do Rio especialmente para celebrar meu casamento.Faço questão que seja ele o celebrante, pois sei como ele é especial.Fiquei muito feliz quando achei seu blog e mais ainda ao ver as palavras especiais dedicadas ao meu tio.Parabéns pela idéia e abraços.

Beatriz Dias disse...

Oi Rafaela,
Poxa, que legal a sua visita!!
Eu sou muito fã do seu tio, indico para todas as noivas pois ele é uma pessoa ilumindada! Tenho certeza que seu casamento será mais do que especial!
Bjs

amanda nascimento disse...

conheço o frei brás ja faz algum tempo...ele é um amor de pessoa...e com a graça de Deus daqui a um mês me casarei..e ele vai celebrar minha cerimonia...

Anônimo disse...

Beatriz,

Você tem toda razão sobre como pensa a cerimonia do casamento e sobre o Frei Bras!
Também sou fã dele e já tive o prazer de ver minha primeira filha batizada por ele em 2010 e há 10 dias tive outro prazer de ver minha segunda filha batizada por ele...
É uma pessoa especial e iluminada! Tenho amigas que batizaram seus filhos com ele depois de assistirem ao batizado das minhas filhas.
Espero que seu casamento continue abençoado!
Adryana