sexta-feira, 29 de outubro de 2010

CASAMENTOS MUNDO AFORA

*** Esse blog mudou de endereço! ***
Visitem o site e o blog: http://www.beatrizdias.com.br/ 


Oi Meninas!

Não tem só casamento, mas achei esse vídeo engraçado. A hóstia que cai no decote é a melhor!! rsrsrs

Bjs
Bia

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

OI

*** Esse blog mudou de endereço! ***
Visitem o site e o blog: http://www.beatrizdias.com.br/ 
http://beatrizdiaseventos.blogspot.com/


Oi meninas! :)

Vocês estão no twitter? Se estiverem por lá por favor me sigam:  @beatriz_dias_

Não sei se vcs viram, mas atualizei o meu outro blog. Escrevi sobre a escolha dos músicos da cerimônia!
Passem por lá também! É só clicar AQUI.

Em breve eu volto com novidades.

bjs

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

NOME NA BARRA DO VESTIDO

*** Esse blog mudou de endereço! ***
Visitem o site e o blog: http://www.beatrizdias.com.br/ 
Meu nome na barra do vestido de uma amiga - mai/09
Oi meninas!

Estou adorando a participação de vocês! Continuem! :)

Hoje vou falar sobre a divertida tradição de escrever o nome das amigas solteiras na barra do vestido.
Eu adoro essas "macumbinhas" para desencalhar! Acho tão divertidas! E são muito antigas, desde mil novecentos e bolinha que já tem isso de jogar o buquê, escrever o nome na barra da saia e outras.

No meu casamento não foi diferente.
Algumas semanas antes do grande dia eu mandei um email pra mulherada e fiz uma lista enorme de nomes! Sério, acho que a lista devia ter uns 20 nomes!! rsrs

Mas as tradições podem ser melhoradas né? Escrever em fita crepe? Esparadrapo?
Ah não! Vamos fazer algo mais fashion!!

Eis que minha querida estilista Carol Hungria já havia pensado numa solução MUITO mais fofa:
um bolsinho em forma de coração com os nomes das solteiras lá dentro! E esse bolso-coração fica preso no forro do vestido. Fala sério meninas, tem coisa mais fofa que essa????

Olhem as fotos. Eu passei a lista pra ela por email e pronto! Minhas lindonas estavam todas lá, dentro do meu vestido!
No dia do casamento, depois de jogar o buquê, eu entreguei para as meninas os corações com seus nomes. Todas adoraram! :)

Bjs

O bolso-coração com nossos nomes bordados! :)

Os mini corações com os nomes das solteiras

As solteiras ganhando seus corações (como não sei se elas topam aparecer aqui, preferi pintar o rosto delas...)

domingo, 24 de outubro de 2010

BLOG DE CARA NOVA... DE NOVO!

*** Esse blog mudou de endereço! ***
Visitem o site e o blog: http://www.beatrizdias.com.br/ 
http://beatrizdiaseventos.blogspot.com/


Oi Meninas!!

Mudei a cara do meu cantinho!! Achei que ficou tão mais a minha cara!!
Vcs gostaram? Eu achei que a visualização ficou mais fácil, ficou mais clean...

Coloquei um formulário para saber sobre o que vocês querem ler aqui.
É bem simples, 3 questões. Rápido e fácil!

Assim o blog fica cada vez mais legal, cada vez mais interessante.

Participem! Basta clicar na aba "VOCÊ PEDE... E EU ESCREVO"

Agora é com vcs!!


Bjs,
Bia

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

PARA AS PAULISTAS!!

*** Esse blog mudou de endereço! ***
Visitem o site e o blog: http://www.beatrizdias.com.br/ 


Oi meninas!!

Estou de volta e conectadíssima!!! UHUUUUUU!

E para comemorar meu retorno ao mundo virtual.... BRINDES PARA VOCÊS!

Dia 27 e 28 de novembro vai rolar o Workshop da Revista Inesquecível Casamento em SP.

Sei que tenho leitoras paulistas.... então meninas, corram!!!
Deixem seu recado nesse post informando nome e email.

Bjs
Bia

domingo, 17 de outubro de 2010

OFF

*** Esse blog mudou de endereço! ***
Visitem o site e o blog: http://www.beatrizdias.com.br/ 

Oi meninas!

Essa semana não vai ter post! :(
O computador que estava usando pifou há uma semana. Tentei de tudo e nada. O Diogo tentou também e nada... affff

Por isso ficarei off line por tempo indeterminado.
O Diogo encomendou pra mim um laptop lindo, maravilhoso. Ele sabe que não posso ficar longe do blog e esse presente foi o melhor da vida!!!
Presente de aniversário um pouquinho atrasado... rsrsrs Mas a entrega eu acho que ainda deve levar pelo menos uns 10 dias.

Então meninas, I'm sorry, mas vou ficar um pouquinho ausente. Nesse tempo eu vou tentar escrever vários posts legais para bombardear o blog assim que estiver conectada novamente.

Vou morrer de saudades!

bjs

terça-feira, 12 de outubro de 2010

CARRO DE NOIVA

*** Esse blog mudou de endereço! ***
Visitem o site e o blog: http://www.beatrizdias.com.br/ 
Nós dois na saída da igreja
Oi meninas!

Vou contar a aventura que foi arrumar um carro para ir pra igreja! Sim, esse item foi BIZARRO!!!! Hahahaha

Quando reservei o Marriott para me arrumar e passar a noite de núpcias, em setembro de 2009, soube que eles tinham o serviço de taxi executivo.
Carros de luxo, normais, que faziam o serviço de taxi por um preço pré acordado. Não me lembro exatamente os valores, mas sei que o trajeto hotel x igreja x festa custaria cerca de R$100.
Depois para nos buscarem na festa e levar para o hotel custaria cerca de R$30. Muito barato. E os carros eram ótimos, Honda Civic, Toyota Corolla e outros similares.
O carro eu não podia reservar com tanta antecedência quanto o hotel. Mas tudo bem.

Depois de setembro, acho que liguei umas 2x para o hotel para verificar se minha reserva estava ok. Tudo certo.
Mas você perguntou pelo carro? Não? Nem eu! Hahaha
No dia do casamento, pouco depois que acordei (por volta de 7h), liguei mais uma vez pro Marriott para confirmar a reserva. Tudo ok.
Dessa vez lembrei de perguntar pelo carro. Queria saber quais os modelos de carro estavam disponíveis no dia para eu poder escolher.
Marriott: “Senhora, nós não temos mais esse serviço.”
Bia: “Ah não?”
Marriott: “Não, agora nós trabalhamos com taxi azul...”
Bia: “Xiii... sabe algum contato de taxi executivo?”
Marriott: “Sim, anote o contato da pessoa que era a responsável pelo taxi executivo que nos prestava serviço.”
Na mesma hora eu liguei. Mas como eu disse antes, era pouco mais de 7h da manhã... alguém me atendeu?
Claro que não!
Mas eu nem me abalei. O pior que poderia acontecer seria ir de taxi azul ou de carro com o meu pai. Ou até de 175, que do jeito que os motoristas são alucinados, aposto que eles desviariam o caminho para me deixar na porta da igreja!! Hahahahaha As madrinhas que estavam comigo no hotel se propuseram a segurar meu véu dentro do ônibus para não sujar! Hahaha
Bando de loucas lideradas por uma noiva ainda mais insana.

Não sou muito ligada em carros, então pra mim não fazia a menor diferença ir de Civic, Vectra, Fusca... Na verdade queria ir no Fusca do meu irmão, o problema é que o carro ia ter que ficar na festa já que ele iria beber e não poderia dirigir na volta. Essa missão foi abortada logo de cara pq ele disse que no meu casamento encheria a cara. Ok, ele tinha total razão!! rsrsrs

Ford 1929

 Se fosse pra escolher um sonho de consumo de carro, seria um carro antigo. Meu pai sempre foi muito fã, e eu gosto também.
Mas quando eu digo carro antigo, é antigo meeeesmo. Tipo um Ford 29! Esse seria dos sonhos. Mas tem um problema: carro antigo = raridade. Raridade = pouca oferta. Pouca oferta = ... Isso mesmo, preço nas alturas! Tudo bem que é bonito, mas não estava disposta a gastar valor igual ou maior que o da noite de núpcias com o serviço de transporte.

Enfim, liguei para o meu pai e o deixei de sobreaviso.

Durante o making of, liguei para dois contatos. Um que o Marcelo Hicho me deu e outro que o hotel me deu. Um não tinha como reservar carro e o outro cobrou uma fortuna quando soube que era pra noiva.
Me poupe né... Extorsão no dia do casamento não rola.
Minha mãe também ficou de ver com uns contatos dela.

Vocês acham que eu me estressei? Nem um pouco. A pé com certeza não ficaria. Então eu não tinha um problema grande... eu só precisava de uma pequena solução.

Até que lá pelas tantas minha mãe ligou. Tinha conseguido um Civic por um preço unbelievable.
Na verdade o preço muito baixo porque houve uma falha na comunicação*.
Mas estava fechado, o motorista estaria na porta do hotel no horário que pedi, às 18:55.

Quando fiquei pronta, pouco antes das 18h, desci para tirar fotos no hotel. Meus pais e irmão também estavam por lá.
Estava tirando algumas fotos quando um senhor me abordou.
“Você é a Beatriz?”
“Sim”
“Eu sou o motorista que vai te levar. Você vai se casar na igreja da Urca, não é?”
“Isso mesmo.”
“Estou lá fora te aguardando. A hora que você quiser ir é só sair.”
“Combinado”

Nisso minha mãe me liga:
“Bia, o motorista veio de Porsche e não de Civic como combinado”
“Nossa, que upgrade! Demorou!”

Passados alguns minutos meu irmão liga:
“Bia, a mamãe é louca. Seu carro é um Civic, entendeu? Esquece tudo que ela falou.”

Papo de doido, né?
Mas eu explico:
No Marriott tinha outra noiva se arrumando. E qual era o nome dela? BEATRIZ!
Sim, o Porsche era dela. E se eu tivesse saído mais cedo teria roubado o carro dela. Sem saber!!! hahahahahaha
E detalhe: a igreja dela TAMBÉM era na Urca! Ela na Nossa Senhora do Brasil, eu na Reitoria.
Sorte que a cerimônia na igreja dela era mais cedo um pouco. Se fosse no mesmo horário, fato que teria ido no carro dela.
E claro que do meio do caminho, quando descobrisse o mal entendido eu não iria volta pro hotel... rsrsrsrsrs
O motorista teria que me deixar na minha igreja e depois voltar para pegar a outra noiva. O bom é que o trajeto é bem pequeno do Marriott para Urca...

Eu já sabia que tinha outra Beatriz no hotel. Enquanto me arrumava chegou um maquiador no meu quarto que não era o meu.
Fiquei com medo de acontecer o contrário. Afinal de contas, difícil dispensar Marcelo Hicho batendo na sua porta né???? hahahahahaha
Mas a assistente dele já havia avisado o número do meu quarto, assim não corria o risco da “impostora” pegar meu maquiador!!
Brincadeira gente... mas o seguro morreu de velho!!! rsrs

Enfim, deu meu horário e eu parti!

Desci com meu buquê e um saquinho da Mr. Cat com: celular, gloss, chave do hotel, R$5,00 (me expliquem por favor o que eu poderia fazer com essa fortuna) e os noivinhos do topo do bolo.
Lembram que eu contei que não foram entregues no prazo combinado?

Cheguei na porta e o motorista quase caiu pra trás.
“Eu não sabia que ia levar a noiva, achei que fosse levar uma convidada!”
“Pois é moço, é a noiva! Vamos?”
“Vamos sim sra!”

E lá fomos nós batendo papo. Super simpático o motorista. Perguntou se eu estava nervosa, contou da vida dele...
Amigos de infância praticamente. Me pareceu uma pessoa do bem.
Em 5min eu já estava em frente ao Rio Sul, ponto de onde devia ligar para saber se eu podia chegar ou se teria que dar uma voltinha.
“Pode chegar!”
Adoro!

E cheguei! Do carro fiquei dando tchauzinho pras pessoas que estavam na sacada do 2º andar. Gritei para ninguém deixar o Diogo chegar lá perto.
Mas eu queria descer! Falei pro motorista:
“Me espera hein moço! Eu vou casar e já volto. Vou deixar minha sacolinha aqui, não vai embora com ela!”
O motorista deve ter pensado “essa daí é doida, devia ter deixado ela ali no Pinel!” rsrsrs

Quando terminou a cerimônia, estava tirando fotos ali perto do carro e vi que meu pai estava acertando o pagamento com ele.
Fiquei feliz de ver que ele estava realmente me esperando! Já pensou se ele vai embora com meu celular? E meus R$5??? srrsrs

* falha na comunicação:
Eu só soube depois, mas foi aí que se deu a pequena confusão. Quando meu pai foi pagar o preço combinado com a atendente da empresa, ele disse que o valor não era aquele!
Minha mãe disse pra atendente que era pra pegar a noiva. A mulher informou que seria X. Pelo que vi, a mulher não passou essa informação para o motorista.
Ele disse pro meu pai que o valor para noiva era de 3X! Fala sério hein! Mesmo trajeto e noiva paga 3x mais! Acabaram se acertando em 1X e meio.
Mas deu tudo certo no final. O preço foi ótimo e o serviço tb.

bjs,
Bia

domingo, 10 de outubro de 2010

NOIVA NÃO TEM IDADE!!!

*** Esse blog mudou de endereço! ***
Visitem o site e o blog: http://www.beatrizdias.com.br/ 
José Pedro e Laudelina Isabela aguardando a hora de dizer “sim” ao padre.

Uma paixão antiga
José Pedro, de 84 anos, e dona Nhanhá, de 91, sobem ao altar.
Com a bênção da mãe do noivo, de 104

Quando ouviu do padre a pergunta que costuma dar um friozinho na barriga de toda noiva, Laudelina Isabela quase fraquejou. De seus lábios enrugados, finalmente saiu a resposta que todos na igreja aguardavam: “Aceito”. Dona Nhanhá não é uma noiva comum. Ela tem 91 anos, filhos, netos, bisnetos e até um trineto. O noivo, José Pedro Henrique Paiva, tem 84 anos. Ele foi levado ao altar pela mãe, dona Sá Vita, de 104 anos. “Entro com o Zé Pedro na igreja mesmo que seja carregada”, dizia a mãe centenária. O casamento, no dia 25 de setembro, parou a pequena Senhora de Oliveira, município mineiro de apenas 6 mil habitantes, a 180 quilômetros de Belo Horizonte.


A inesperada idade dos noivos não é o único detalhe a chamar a atenção na história do casal. Além de trocar alianças numa fase da vida em que pouca gente faz planos para o futuro, os noivos são primos. Eles se conhecem desde a infância. Cresceram juntos, mas cada um tomou seu rumo. Laudelina foi morar na capital mineira com o primeiro marido. Ficou viúva em 1999. Zé Pedro continuou na cidadezinha e, no ano passado, depois de mais de 60 anos de casado, também ficou viúvo. Os dois afirmam que a solidão pesou no momento de aceitar construir uma vida nova. Mas a paixão também teve seu papel no enlace: “O que manda é o amor! Gosto demais do Zé”, diz a noiva.

Desde que perdeu o marido, Nhanhá passou a frequentar mais a casa de dona Sá Vita, sua tia e agora sogra. Ela saía de Belo Horizonte e ficava pelo menos 15 dias do mês em Senhora de Oliveira. No começo de julho, seu Zé Pedro tomou uma decisão. “Vou até BH buscar a Nhanhá para mim”, disse à mãe. Dona Sá Vita não aceitou que os dois apenas morassem juntos. Tinham de se casar. A irmã de seu Zé Pedro serviu de cupido. Benedita de Paiva, de 62 anos, comunicou a Nhanhá o interesse do rapaz. “Ninguém vai me levar. Eu não sou mercadoria. Casar, eu posso até pensar”, teria dito à futura cunhada. Ele não pestanejou. Disse que aceitava casar e ainda aceitou as condições da pretendente, que não consegue mais cozinhar para muitas pessoas nem limpar a casa. “Não tem o menor problema”, afirmou Zé Pedro. “A Mariazinha também não estava dando conta de quase nada”, disse, referindo-se à falecida.


O namoro começou. De início, só beijo no rosto e andar de mãos dadas. Quando ela voltava para Belo Horizonte, depois de um tempo por lá, seu Zé não conseguia esconder o sofrimento. “Não vou aguentar de saudade da Nhanhá”, dizia à mãe. Segundo a irmã de Zé Pedro, eles pareciam um casalzinho de adolescentes. Dois meses depois, estavam no altar. Da outra vez em que se casou, Zé Pedro também esperou pouco. Só três meses. “Não perco tempo”, diz o noivo. Dona Nhanhá não acha que foi “fácil” demais aceitando se casar tão rapidamente. “Com 91 anos, eu vou esperar o quê?”

Dona Sá Vita, de 104 anos, acompanha o filho José Pedro ao altar.
 
Foram conversar com o padre e marcaram o casamento para o dia 25 de setembro, às 11 horas, na Igreja Nossa Senhora de Oliveira. O mesmo cenário em que ambos se casaram pela primeira vez. A noiva passou duas horas se arrumando no salão. Fez unha, cabelo e maquiagem. Entrou na igreja acompanhada por dois filhos, de vestido azul rendado. O noivo, de paletó cinza-escuro, gravata prateada e lenço combinando, lembrava o ator de cinema Paul Newman. Terminada a celebração, o padre comunicou: “Pode beijar a noiva”. Os convidados aplaudiam, alguns até gritavam. Só a noiva não ficou muito satisfeita. “Foi um beijinho mixuruca. O Zé não gosta de beijo. Só de abraço.” Ela não esconde a preferência: “Gosto de beijo”.



A festa, para mais de 600 convidados, foi a maior da história da cidade. “Nunca teve e nunca mais vai ter uma festa igual por aqui”, diz dona Sá Vita, com a autoridade de quem assistiu aos casamentos de Senhora de Oliveira nas últimas nove décadas. Mais que os noivos, ela foi a atração principal do acontecimento. “As pessoas não paravam de me abraçar e beijar”, afirma. Até que perdeu a paciência com tamanha paparicação. “Eu disse: ‘Chega!’.” Mas ficou até o fim da festa.

Depois de dez dias juntos, o casal continua num mar de rosas. “Ele é muito carinhoso”, diz Nhanhá. “Ainda não vi defeito nenhum.” Ele também ressalta as qualidades da mocinha – “Ela é divertida, católica e muito obediente” –, com ênfase na terceira, que parece ser fundamental para a manutenção de uma boa relação com o octogenário. A renda do casal soma a aposentadoria dela, de um salário mínimo, e a dele, de dois. Zé Pedro diz que já foi carpinteiro, pedreiro, marceneiro e tem ferramentas para consertar qualquer coisa. “Faço tudo. Só não tenho dinheiro”, diz. Mas se orgulha de ter uma filha médica, que mora em Coronel Fabriciano, a 80 quilômetros de Senhora de Oliveira. Somadas as proles de ambos, são 91 pessoas, entre filhos, netos, bisnetos e trinetos.

Com tanta gente para dar palpite, o casamento correu o risco de não acontecer. No início, dois dos filhos do noivo ficaram preocupados com o que poderia ser entendido como desrespeito à memória da mãe. Depois concordaram. A família de Nhanhá aceitou de imediato. Seu Zé Pedro já era conhecido e foi considerado um bom partido.

Os netos de Zé Pedro são os que mais se divertem com a situação e a efêmera fama do avô. As piadas na escola não param de surgir. “Lua de mel de Nhanhá e Zé Pedro. Qual o nome do filme? Missão impossível”, diz Diógenes de Oliveira, de 15 anos. Mas ver a felicidade do casal deixa os netos satisfeitos. “A alegria do meu avô é enorme. Ele estava muito sozinho”, diz Juliana Paiva, de 17 anos. Uma lua de mel em uma pousada da região foi oferecida ao casal por um dos filhos de Nhanhá. Seu Zé Pedro vetou. “Lua de mel pra quê? Nem abelha tem mais!” Nhanhá ganhou muitos presentes, mas o melhor deles foi o da sogra: “O Zé foi meu maior presente”, diz.

Fonte: Globo.com
 
Meninas,
Depois dessa reportagem, não preciso escrever mais nada né...
 
bjs
Bia

sábado, 9 de outubro de 2010

TOP É TOP

*** Esse blog mudou de endereço! ***
Visitem o site e o blog: http://www.beatrizdias.com.br/ 
http://beatrizdiaseventos.blogspot.com/


Meninas,

Essa é bem rapidinha. To escrevendo para postar daqui a pouco.

Mas tenho que prestigiar o meu preferiro.
Todas sabem que Carolina Herrera veio ao Brasil para lnaçar seu novo perfume.

E quem foi que a maquiou por aqui?? Sim, foi ELE! Marcelo Hicho!
A-D-O-R-O!

Leiam a reportagem aqui.

bjs,
Bia

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

DANCINHA


*** Esse blog mudou de endereço! ***
Visitem o site e o blog: http://www.beatrizdias.com.br/ 

Oi meninas!

Post sugerido pela Mariana...

Vou falar sobre nossa primeira dança! Nossa, como foi divertido!!!!
Mais uma vez chegamos novamente na... modinha! hahahaha
Virou moda fazer aulas com professor dança para fazer uma dança coreografada no casamento.

Desde que marcamos o casamento, ficávamos pensando em que música dançaríamos. Queríamos algo alegre e que tivesse algo a ver conosco. Pensei em coisas mirabolantes, tipo Dirty Dancing, mas isso não tinha nenhum significado para nós. Seria puro teatro. E vcs sabem que não gosto de coisas forçadas...

Até que decidimos que dançaríamos a música Every Breath You Take, na versão do UB40.
Essa música é da trilha sonora do filme Como se Fosse a Primeira Vez, que é um filme que adoramos!!!!
A letra é lindaaaa. E nessa versão ela ficou meio reggae, dançante, tudo de bom!!

Não queria uma música lentinha... sei lá, não teria muito a nossa cara. Fora que para os convidados é meio monótono... Ok, é romântico, mas definitivamente não teria nada a ver conosco.
Pensei em contratar um professor para fazer uma coreografia. Mas sempre adiava... E o Diogo não gostava muito da ideia de termos um professor. Queria algo feito por nós.

Ele gosta de dançar. Aliás, nós dois. Nas festas que vamos sempre ficamos na pista do início ao fim. E sempre dançamos as músicas "de velho", aquelas do início das festas, sabe? Geralmente somos os únicos jovens na pista nessas horas... hahahaha

No início do namoro chegamos até a fazer alguns meses de dança de salão. Nossa, como a gente se divertia! Mas como morávamos em cantos opostos da cidade, ficava complicado ir pra academia. Lembro que naquela época prometemos que quando estivéssemos casados entrariamos novamente nas aulas de dança, já que a logística seria mais fácil. Confesso: ainda não cumprimos a promessa!! rsrsrsrs

Além de gostarmos de dançar + termos feito aula... somos dois cara de pau!!! hahahaha
Bastava para fazermos a primeira dança, né?

Enfim, tínhamos a música, não éramos dois "pregos" dançando, mas não ensaiamos nada! Era sempre "final de semana que vem a gente ensaia"... semana que vem, semana que vem, semana que vem.
Ok, chegamos ao dia 12/03/2010, VÉSPERA do casamento. Nesse dia estávamos sozinhos na minha casa e disse pro Diogo: não temos mais como adiar, precisamos ensaiar AGORAAAA!! rsrsrs

Diogo colocou a música no cel (sim, tínhamos várias músicas que seriam usadas na cerimônia e festa no cel!!) e fomos ouvi-la com atenção. A dificuldade: achamos a música enorme!!! Haja coreografia!! hahaha

Como diz o Diogo, esse ensaio serviu para ele ver o "tamanho da música". Não a duração dela... mas o ritmo e sei lá mais o que. Ensaiamos uns passinhos, uns giros... meia dúzia de passos! Vimos que não teríamos como encher linguiça durante a música inteira... rsrsrs

Enfim havia chegado o grande dia!
Quando terminou a cerimônia e estávamos a caminho da festa o Diogo solta a bomba:
"Amor, acho que não vou conseguir dançar. Acho que minha perna vai travar, ainda estou nervoso!"
Minha resposta:
"Ah vai dançar sim! Tem que ter a first dance e nós vamos arrasar!"


Enquanto tiramos as fotos oficiais ele tomou um copo de whisky e falou: agora eu já consigo dançar! hahahahaha
Pouco antes de entrarmos, falamos para a cerimonialista:
"Avisa pro Egon (o DJ) que nós não vamos dançar a música inteira pois ela é muito grande."

E lá fomos nós!!
Agradecemos no microfone, brindamos e lá fomos nós dançar!

Foi muito booom! Como ninguém sabia que dançaríamos, o impacto foi grande! Aquela gritaria a cada beijo, a cada rodopio... hahaha
E ainda vieram falar: "Nossa, não sabia que vcs estavam fazendo aula pro casamento!"
hahahahahaha


Quando falava que tínhamos ensaiado na véspera ninguém acreditava!! rsrsrs

Vocês podem ver um pedacinho da dança aqui. A qualidade não está boa, pois foi feita por algum celular... mas eu não sei como dividir o video oficial para colocar no You Tube. Então por enquanto vocês vão ter que se contentar com esse mesmo.

O Egon cortou a música no momento perfeito! Demos um beijão e ele sacou que era nosso sinal para cortar. PERFEITO! Nota 10!!!

Cada casal deve dançar o que quiser, mas tem que ser algo que combine com o casal. Vale até fazer aula para aprender o 2 pra lá 2 pra cá e não pisar no pé do outro!
É muito legal que seja algo de significado para os noivos. Eu lembro da nossa primeira dança praticamente todos os dias: é o toque do meu cel quando o Diogo liga! :)

 Algumas dicas para as noivas cara de pau como eu:
- Rodopie bastante. Dá um efeito muito legal com o vestido!
- Beijos no meio da dança sempre fazem sucesso.
- Tentem aproveitar o máximo da pista, se movimentando bastante por ela.
- Have fun! Vocês se divertindo enquanto dançam contagiam os convidados! Nada de nervosismo!
- Nada de véu durante a dança se a música for agitada. Fato que vc vai se enrolar nele!!! rsrsrs
- Vestido confortável é tuuuuuuudo!

bjs
Diversão SEMPRE!

terça-feira, 5 de outubro de 2010

SAPATO DE NOIVA

*** Esse blog mudou de endereço! ***
Visitem o site e o blog: http://www.beatrizdias.com.br/ 

Oi meninas!

Vou falar sobre sapato de noiva. Não só sobre sapato, mas também sobre estilo e personalidade.

Hoje em dia está na moda casar de sapato colorido. Eu DETESTO modinha. Sabem pq? Porque fica um monte de menina fazendo um monte de coisa igual, uma copiando a outra. Mas esse não é o problema.
O problema é que fazem isso não porque gostam de verdade do que está na moda. Mas fazem simplesmente por estar em alta, para bancar a noiva moderna e antenada. Affff! Tem coisa mais brega que isso???

Resolvi falar sobre isso por conta de uma coisa que aconteceu comigo.
Eu casei de sapato azul. Mas já tinha decidido isso muito antes de virar moda. Escrevi um post sobre sapato colorido meses antes do casamento (leia aqui + aqui).
Sempre gostei de sapatos coloridos e achei que seria super coerente manter minha preferência no dia do casamento.

Sempre afirmei que seria eu no dia do meu casamento, com as minhas características, minha personalidade, meu gosto. Nada de "preciso usar X porque toda noiva usa". Aquele estereótipo de noiva, sabem?

Quando dei entrevista para a Noivas Rio de Janeiro, falei do sapato azul e disse que não usei sapato colorido por causa da moda.
Eis que a repórter (a Luciana, uma fofa!) pergunta surpresa:
- Não foi porque está na moda?!?!
- Não! Sempre gostei de sapato colorido, já uso normalmente...

Pois é, querem usar algo de diferente no casamento? Usem! Mas tem que ser autêntico!
Vejo meninas querendo sapatos vermelhos, pinks, amarelos... Será que elas gostam mesmo? Ou querem estar "in" a todo custo? Nada mais OUT do que noiva no estilo "Maria vai com as outras"...

bjs

Meu sapatinho!
Olha ele aí no grande dia!



segunda-feira, 4 de outubro de 2010

DECORAÇÃO

*** Esse blog mudou de endereço! ***
Visitem o site e o blog: http://www.beatrizdias.com.br/ 
http://beatrizdiaseventos.blogspot.com/


Oi Meninas!

Esse post é rápido. Na verdade é praticamente um desabafo! rsrsrs

Tenho visto cada decoração por aí... Meu Deussssss!
Eu não sou decoradora, longe de mim! Mas vejo uns pseudo-profissionais por aí...
Propoem uma coisa. Um tema, um conceito, sei lá. Mas no final das contas misturam tanto que acaba ficando um samba do crioulo doido.

Móveis que não combinam entre si, que por sua vez não combinam com o local da festa, que não combinam com os detalhes e que não combinam com as flores!

Mas o que importa é a noiva feliz e achando que arrasou, não é?

Pronto falei! hahahahahaha

bjs

PS: Estou preparando uns posts bem legais. Como sabem, eu não gosto de muito post com pouco conteúdo... gosto de pouco post e cheio de informação! bjs